Frota nacional de veículos elétricos

Apesar dos desafios para avançar entre os consumidores brasileiros, uma frota de 40 mil veículos eletrificados circula no País. A soma inclui tanto veículos de passeio quanto caminhões e ônibus. Também entram na conta modelos puramente elétricos e híbridos. O número está no 1º Anuário Brasileiro da Mobilidade Elétrica.

Elaborado pela Plataforma Nacional da Mobilidade Elétrica (PNME), o documento traz o panorama para a evolução da tecnologia no Brasil, aborda os fatores capazes de incentivar a adoção desses veículos, os desafios, além de oferecer uma visão do ecossistema de fabricantes de carros, componentes, soluções de recarga, provedores de serviços de compartilhamento, entre outros.

Dos modelos eletrificados em circulação no Brasil, 350 são ônibus elétricos, entre trólebus e chassis que funcionam a bateria. O anuário indica o desenvolvimento local de 25 startups que atuam na mobilidade elétrica e calcula que a oferta local seja de 20 modelos de veículos equipados com algum nível da tecnologia, entre leves e pesados.

 

ELÉTRICOS AINDA SÃO PARCELA ÍNFIMA DOS VEÍCULOS EM CIRCULAÇÃO

Segundo o documento, o maior salto da frota de modelos eletrificados em circulação no Brasil aconteceu em 2019, quando as vendas cresceram 230%, para 11,2 mil unidades.

Apesar da evolução, os veículos eletrificados ainda têm presença ínfima nas ruas e estradas brasileiras. Segundo o Sindipeças, entidade que representa os fornecedores da indústria automotiva, há 45,9 milhões de automóveis, comerciais leves, caminhões e ônibus em circulação no Brasil e, segundo o anuário, só 40 mil têm propulsão alternativa.

 

BMW I3 É O ELÉTRICO MAIS PRESENTE NA FROTA

E qual é o carro puramente elétrico com maior presença na frota brasileira? Segundo o anuário, é o BMW i3. Apesar do preço nada módico de R$ 279.950, o automóvel levou a vantagem de, por muito tempo, ter sido o único modelo com a tecnologia oferecido ao consumidor local.

Entre interrupções e retomadas das vendas, o carro também é bastante longevo no mercado brasileiro: a marca lançou o i3 localmente em 2014. Atualmente, o veículo é oferecido com um sistema de autonomia estendida em que um pequeno motor a gasolina é capaz de gerar energia elétrica para movimentá-lo, o que garante autonomia para rodar 335 quilômetros sem precisar de recarga.

 

 

 

Créditos:

Frota nacional soma 40 mil veículos elétricos e híbridos (automotivebusiness.com.br))